| 
  • If you are citizen of an European Union member nation, you may not use this service unless you are at least 16 years old.

  • Stop wasting time looking for files and revisions! Dokkio, a new product from the PBworks team, integrates and organizes your Drive, Dropbox, Box, Slack and Gmail files. Sign up for free.

View
 

SinTomas

Page history last edited by PBworks 13 years, 5 months ago

Doença de Parkinson SINTOMAS

A seguir estaremos transcrevendo as respostas com referência as questões abaixo. As quais recebemos do neurologista Dr:José Renato Guimarães Grisolia.5

15. Como se manifesta o doença de Parkinson?

Resposta:"Os sintomas são: tremor, bradicinesia (lentidão e pobreza dos movimentos), rigidez (enrijecimento dos músculos, sobretudo no nível das articulações) e alterações posturais ( que se manifesta por instabilidade na postura ereta com quedas frequentes)".

8. A pessoa doente de Parkinson não demonstra sintomas aparentes,na fase inicial da doença.

Resposta:"Normalmente o primeiro sintoma é o tremor (geralmente assimétrico - somente num lado do corpo ou num braço)".

14. Comer dá ao doente  sensação de que os sintomas da doença de Parkinson foram amenizados.

Resposta:"O doce(ou melhor o açúcar) dá uma sensação de euforia, podendo até ter este efeito, mas acredito que se existe é muito tênue".

Sintomas e Primeiros Sinais

Para muitas pessoas os primeiros sinais e sintomas da doença passam quase que despercebidos tornando assim quase que impossível à identificação da DP. Dependendo de pessoa para pessoa,os primeiros sinais geralmente são estes:

*"sensação de cansaço ou mal-estar no fim do dia;

*caligrafia menos legível ou com tamanho diminuído;

*fala monótona e menos articulada;

*depressão ou isolamento sem motivo aparente;

*lapsos de memória, dificuldade de concentração e irritabilidade;

*dores musculares, principalmente na região lombar;

*um dos braços ou uma perna movimenta-se menos do que a do outro lado;

*a expressão facial perde a espontaneidade, diminui a freqüência dos piscamentos;

*os movimentos tornam-se mais vagarosos, a pessoa permanece por mais tempo em uma mesma posição";15

Com a progressão da doença as manifestações motoras involuntárias começam a interferir na atividade motora voluntária.Inicialmente a manifestação é de um leve tremor numa das mãos ou no braço quando este está em repouso.Posteriormente o tremor pode se intensificar com uma carga emocional ou cansaço adicional e aparecer no outro braço e também afetar as pernas. A rigidez dos músculos dificultará os principais movimentos dos pés e ao caminhar sua marcha será arrastando os pés e com passos curtos.O paciente também pode apresentar redução dos movimentos da face e não demonstrar emoção. Ás vezes, a falta de expressão do rosto pode ser confundida com depressão,o indivíduo pode ficar com um olhar perdido, com a boca semi-aberta, pode apresentar diminuição do pestanejar necessitando o auxílio de colírio para lubrificar os olhos.Essas dificuldades físicas atrapalham a execução de tarefas motoras finas,tais como, manusear talheres, calçar meias e sapatos, abotoar as roupas, cortar as unhas, barbear e pentear os cabelos que diariamente o indivíduo doente deve fazer.

Sendo a DP uma doença com evolução crônica, sem cura, os sintomas físicos do paciente podem se agravar e causarem angústia epreocupações devido a falta de tranqüilidade com referência à freqüência dos tremores que acabam provocando uma carga emocional desfavorável. Desta forma as questões emocionais são conseqüências da doença de Parkinson.O paciente juntamente com a família deve manter a cautela, buscar os meios mais adequados possíveis para controlar os sintomas. Os familiares devem ter compreensão e tolerância com a pessoa doente.Sem se deixar abater, o doente de Parkinson precisa de coragem, determinação e principalmente de auto-estima elevada para manter a sua independência física ao máximo possível.

É necessário existir uma relação sólida, segura e confiante entre o doente, a família e o médico neurologista, pois este, deve demonstrar estar efetivamente preocupado com o paciente e com os familiares. Esclarecendo-os, animando-os, e reconfortando-os durante as consultas, pois segundo algumas fontes de pesquisa, esses diálogos têm uma eficácia tão ou mais poderosa que os medicamentos para aliviar os sintomas depressivosdo doente ou da família.

Manifestações motoras clássicas características da(DP)são:
Bradicinesia,acinesia, rigidez, tremor e instabilidade postural

_Enquanto que a BRADICINESIA caracteriza-se pela lentidão dos movimentos.O termo ACENESIA refere-se à redução da quantidade de movimentos.Esse tipo de desordem motora, pode incluir a incapacidade do paciente sustentar movimentos repetitivos ou de realizar atos motores simultâneos.Acinesia pode ser súbita e paradoxal. A acinesia súbita caracterizada por um certo congelamento do movimento, ou seja, a perda abrupta da capacidade de iniciar ou de sustentar um movimento durante a marcha.Essa hesitação pode acontecer no momento em que o paciente se depara com algum obstáculo a sua frente, podendo ocasionar à queda, pois o movimento de inécia tende a manter o corpo em movimento. A acinesia paradoxal caracteriza-se pela melhora súbita dessa desordem motora, isso pode ocorrer quando o paciente está sob efeito de forte emoção ou determinados estímulos sensoriais podem fazer desaparecer essa dificuldade nos movimentos.

__RIGIDEZ_ É outra anormalidade motora sempre presente na doença.Ela decorre do aumento da resistência que os músculos oferecem. Os comandos do movimento que são originados no cérebro chegam de modo alterado no músculo, tornando-os tensos e contraídos, desta maneira o paciente sente-se rígido e com pouca mobilidade. Trata-se da hipertonia denominada plástica e configura o fenômeno da “roda dentada”.

__TREMOR_ É o sintoma mais aparente no doente de Parkinson, sendo o principal motivo que leva o paciente a procurar pela primeira vez o médico neurologista. O tremor parkinsiano é típico de repouso, a intensidade do tremor pode ser observada mais visivelmente durante a marcha ou quando o paciente passa por situações de stress emocional ou sensação de ser observado. Com atividade voluntária ou durante o sono, o tremor desaparece.Geralmente o tremor aparece em apenas um membro( pé, mão ou braço),mas também pode aparecer na cabeça, no lábio, queixo. Sua freqüência vai variar de quatro a seis ciclos por segundo.

__INSTABILIDADE POSTURAL_Essa instabilidade evidencia-se por mudanças bruscas na direção durante a marcha(caminhar)podendo determinar a causa de acidentes (quedas freqüentes do paciente.) Nas fases iniciais da DP o distúrbio na postura do paciente não é comum. Com o avanço da doença, o paciente poderá apresentar alteração na postura e ficar com o tronco curvado, em alguns casos apresentar cifose.

Sintomas e Sinais Secundários

Em vermelho os sinais e sintomas secundários mais freqüêntes e desconfortáveis.Sendo que na cor preta estão outros sintomas associados a outras manifestações orgânicas.5

Manifestações motoras que afetam a fala e a alimentação

__RESPIRAÇÃO. Devido à rigidez da musculatura envolvida na respiração, o comprometimento da regularidade dos ciclos respiratórios em pacientes parkinsianos pode ocorrer, provocando dificuldades na inspiração prejudicando a intensidade da voz, fazendo com que o paciente sinta falta de ar e cansaço ao falar.

__VOZ. A voz é um instrumento de comunicação fundamental no ser humano.Para produzir a voz um comando cerebral é disparado para a musculatura da laringe e das cordas vocais em associação com o ar advindo dos pulmões.Em se tratando de um indivíduo portador da DP, o que se observa na maioria dos casos são alterações na musculatura respiratória, devido à rigidez. O fechamento incorreto das pregas vocais durante a fonação ocasiona cansaço ao falar, soprosidade, rouquidão, tremor, mudança no tom e redução da intensidade vocal.

__ARTICULAÇÃO. Para modelar a produção dos sons da fala, estruturas orais tais como: (lábios,língua,dentes,bochechas, palato e mandíbula) interagem. Sendo o indivíduo portador da DP, geralmente o controle da produção desse som vai ficar prejudicado, devido à rigidez e / ou acinesia. Assim o problema caracterizado-se pela diminuição da abertura da boca, menor definição do som,aumento ou redução dos sons da fala,alterações na fluência e aumento ou redução da velocidade da fala, afetando sua clareza e compreensão. Por isso que as pessoas portadoras da doença de Pakinson costumam falar sussurrando com voz monótona com pouca entonação, outros podem acelerar o rítmo da fala para encurtar o tempo de emissão de uma frase. Outros, podem hesitar antes de falar ou realizarem pausas inadequadas no início de frases, de uma maneira semelhante à gagueira.

__DEGLUTIÇÃO. O ato de engolir, de deslocar o alimento com a saliva da boca até o estomago, ocorre de forma passiva ou ativa pelas mesmas vias da produção da voz e da fala.A acinesia e a rigidez são responsáveis pelas alterações na deglutição.Essa dificuldade na deglutição dos alimentos ocorre por inabilidade na realização rápida e na coordenação dos movimentos envolvidos no ato de engolir.O doente pode ter dificuldades na formação do bolo alimentar, na mastigação e no ato de engolir,provocando a tosse e o engasgo, esses fatos podem ocorrer devido ao acúmulo de saliva e alimento na boca.Nesse contexto é importante o estado de conservação dos dentes do paciente de Parkinson,sejam eles naturais ou próteses.É grande valia a observação dos familiares, dos amigos com relação à presença da alteração da voz e problemas de deglutição,pois quanto mais precoce for detectado as alterações,a probabilidade de sucesso terapêutico via tratamento fonoudiológico será maior.

 

 

 

Links do Trabalho

TraTamento CauSas DiaGnóstico

Equipe Multi

 

Como os familiares devem proceder com pessoas portadoras da doença de Parkinson (D P)?

voltar

Comments (0)

You don't have permission to comment on this page.