| 
  • If you are citizen of an European Union member nation, you may not use this service unless you are at least 16 years old.

  • Social distancing? Try a better way to work remotely on your online files. Dokkio, a new product from PBworks, can help your team find, organize, and collaborate on your Drive, Gmail, Dropbox, Box, and Slack files. Sign up for free.

View
 

Sintomas de Hepatite podem ser confundidos com os do Estresse

Page history last edited by PBworks 13 years, 10 months ago

Epidemia Silenciosa

 

MARINA CARUSO

Sem alarde, a hepatite se espalha pelo mundo e os cientistas se esforçam para conhecer melhor a doença

Cansaço exagerado, febre, enjôo, dores musculares e confusão mental podem ser sinais de que o corre-corre da vida está prestes a se tornar uma crise de stress. Mas, acrescentando-se a esses sintomas fatores como urina escura, dores na região do fígado e icterícia (pele amarelada), é grande a probabilidade de esse “stress” ter outro nome: hepatite. A doença consiste na inflamação do fígado, seja por conta de uma reação do organismo a alguns medicamentos ou devido a infecções virais, a causa mais frequente do mal. Quando surgem os sintomas, fica fácil diagnosticar. O problema é que na maioria das vezes a hepatite é silenciosa e assintomática, podendo terminar em cirrose (perda da função do fígado) ou até mesmo em câncer nesse órgão. E aí está o perigo. Sem alarde, a infecção está ganhando um tamanho assustador. Segundo o infectologista paulista Vicente Amato Neto, as hepatites virais atingem mais de 700 milhões de pessoas em todo o mundo. “No planeta existem pelo menos 300 milhões de indivíduos infectados pelos vírus da hepatite B e 420 milhões infectados pelo vírus da hepatite C”, diz o médico. Mas, apesar da expressividade dos números, a Fundação Nacional de Saúde – órgão do Ministério da Saúde – registrou em 1997 apenas 3.318 novos casos de hepatite A, 2.902 de hepatite B e 1.311 de hepatite C. Essa discrepância numérica acontece porque no Brasil – diferentemente do que ocorre em outros países – a hepatite não é uma doença de notificação obrigatória, ou seja, o governo não sabe ao certo o número de infecções que acontecem a cada ano. “Com certeza a subnotificação é imensa, por isso não temos como dimensionar que proporções a doença está tomando no Brasil. Isso só retarda a evolução da medicina no combate à doença”, lamenta o infectologista Antônio Coscina. “A hepatite por vírus está entre os maiores problemas de saúde pública no Brasil e no mundo”, completa Amato Neto.

 

 

 

 

 

 

 

http://www.zaz.com.br/istoe/medicina/156601.htm

Comments (0)

You don't have permission to comment on this page.