| 
  • If you are citizen of an European Union member nation, you may not use this service unless you are at least 16 years old.

  • Stop wasting time looking for files and revisions! Dokkio, a new product from the PBworks team, integrates and organizes your Drive, Dropbox, Box, Slack and Gmail files. Sign up for free.

View
 

O Estresse precisa ser tratado por um especialista

Page history last edited by PBworks 13 years, 5 months ago

ESTRESSE X TRATAMENTO POR ESPECIALISTA

 

Existem casos em que a pessoa não tem a mínima idéia que as suas dificuldades de dormir, suas crises de irritabilidade, seu desânimo, sua dor no pescoço, etc, tenham sequer uma explicação, pois aparentemente em sua vida tudo se encontra dentro da normalidade. Os sintomas podem ser muitos, mas não se encontram sozinhos, isolados.

Geralmente há um sintoma principal que mais se destaca, incomoda, mas quando inquirido corretamente, o paciente irá confirmar uma série de sintomas que estão se manifestando simultaneamente em maior ou menor grau de intensidade. Os mais freqüentes são: dificuldade para dormir, irritabilidade, distúrbios do apetite, dores musculares, falta de ar, desânimo, fraqueza, vontade de chorar, etc.

 

 

ALERTA

 

O estresse da primeira fase é o Alerta, considerado bom, e acontece quando a adrenalina está correndo com intensidade no sangue. É o período em que a pessoa costuma ter mais disposição, vigor e energia. Nesta situação, ela pode até passar noites sem dormir, sem se preocupar com a alimentação e, ainda assim, cumprir uma tarefa.

 

Por exemplo: uma funcionária recebe uma ordem para fazer um projeto em um tempo reduzido. Entra na primeira fase do estresse e consegue terminar o que foi solicitado, com sucesso.

 

 

RESISTÊNCIA

 

 

A segunda fase é o estresse da Resistência. A pessoa já está no Alerta há algum tempo. Está começando a sentir-se cansada fisicamente, acordando sem ânimo, tem falhas de memória – pode esquecer onde deixou a chave do carro ou da casa; esquece de dar um telefonema importante; fica mais desorganizada.

 

Para ela não passar para a terceira fase, ela precisa: parar para almoçar, estabelecer um horário de trabalho, ter momentos para relaxar. Mas, vamos supor que, no mesmo período, é surpreendida com o término de um namoro ou sofre um seqüestro relâmpago ou é assaltada. Ela, certamente, não vai conseguir criar mecanismos de defesa e aí vai chegar a ‘quase exaustão'.

 

 

A QUASE EXAUSTÃO

 

 

Nesta fase podem começar as doenças: problemas na pele de todo tipo, acne, herpes, gripe, queda de cabelo, gastrite, depressão, uma ansiedade sem controle que começa a atrapalhar a vida profissional e pessoal. Aqui, será necessário recorrer à equipe médica. Além de investigar a doença física, pode começar a fazer terapia. O ideal é que o médico e o psicólogo atuem em conjunto. Mas, se a pessoa não aderir às recomendações médicas pode entrar numa evolução da terceira fase, denominada de Exaustão

 

 

EXAUSTÃO

 

A pessoa poderá ter sérios problemas psicológicos e vir a sofrer infarto, derrame cerebral, depressão etc. Ela poderá ficar incapacitada para trabalhar ou estudar. Não há como sair desta fase sem ajuda médica.

 

 

OUVIR O CORPO

 

 

A dra. Marilda dá uma dica muito importante: “É necessário ouvir as reclamações do corpo, do organismo para que não seja desencadeada uma doença que pode ser evitada, se diagnosticada e tratada em tempo”. A psicóloga diz que é possível prevenir o estresse seguindo algumas regras e sem precisar gastar dinheiro.

 

 

RECEITA

 

 

 

Revista Saúde

 

voltar ao início da página

 

Voltar ao Índice - Estresse

 

Tivemos visitas, nesta página.

Comments (0)

You don't have permission to comment on this page.