| 
  • If you are citizen of an European Union member nation, you may not use this service unless you are at least 16 years old.

  • Social distancing? Try a better way to work remotely on your online files. Dokkio, a new product from PBworks, can help your team find, organize, and collaborate on your Drive, Gmail, Dropbox, Box, and Slack files. Sign up for free.

View
 

infância

Page history last edited by PBworks 13 years, 7 months ago

ANSIEDADE X INFÂNCIA

 

As criança por não terem ainda desenvolvimento intelectual e emocional que as capacitem ao enfrentamento do mundo moderno, são extremamente suscetíveis ao estresse. O fato é que à medida que enfrentam novos desafios, pressões e expectativas dos que as cercam, ficam vulneráveis a ansiedades, conflitos, frustrações e sentimentos de culpa que são os principais desencadeadores emocionais do estresse em crianças.

Uma infância carente e problemática onde as dificuldades dos pais, mas principalmente da mãe de passar afeto e suprir as carências afetivas da criança, vão fazendo com que ela vá se sentindo insegura e exposta e vá gravando e condicionando um sentimento de que coisas ruins e sensações negativas podem acontecer a qualquer momento.

Muitas vezes a criança tem dificuldade de expressar suas emoções, daí a necessidade de criar mecanismos que possibilitem a ela exteriorizar seus sofrimentos. O diálogo é fundamental nessse instante, fazer o uso de desenhos, deixando a criança livre para expressar-se no papel, ajuda a vencer seus medos e colocar para fora suas angústias.

 

 

voltar - origens da ansiedade

 

ESTRESSE X INFÂNCIA

 

O nosso primeiro estresse acontece no nascimento, superando a necessidade de respirar sem ajuda. O estresse pode se originar de fontes externas ou internas.Estressores externos são oriundos de acontecimentos na vida da criança, bons ou maus, ou certas situações criadas na interação social. Podemos citar com exemplo: mudanças na vida da criança (ajuste social), atividades ou responsabilidades em excesso, brigas ou separação dos pais, ingresso na escola (separação contínua dos pais), morte na família, exigências por parte dos colegas, rejeições da turma, disciplina confusa por parte dos pais, exigências ambíguas da sociedade (aquisição da linguagem, independência, responsabilidades), hospitalização e doenças, nascimento de irmãos.As fontes estressoras internas são decorrentes da maneira como a criança enfrenta as situações adversas, depende de sua personalidade que determinarão a maneira de pensar para a tomada de atitudes marcando a sua individualidade.

“Se o estresse for muito intenso ou se prolongar por um período muito longo, problemas sérios de saúde podem ocorrer”. (LIPP, p, 21, 1991).Em cada fase do crescimento infantil surgem necessidades específicas que, se não preenchidas, podem levá-la ao estresse. A interação social pode desencadear emoções e sentimentos fortes, geradores de estresse, surgindo manifestações como timidez (dificuldade de adaptação).Dificuldades relacionadas ao sentimento de desamparo, agressividade reprimida, desejo de agradar a todos, medo de não ser bem sucedido, crenças religiosas (punição divina), auto-dúvidas e interpretações amedrontadoras são desencadeadoras da ansiedade infantil.

Considerando que a criança estressada terá mais chances de tornar-se um adulto estressado, torna-se importante tratar o estresse na infância a fim de preservar a saúde e o bem-estar nessa fase da vida.

Estresse X Etapas da vida

Voltar ao Índice - Estresse

voltar ao início da página

Comments (0)

You don't have permission to comment on this page.