| 
  • If you are citizen of an European Union member nation, you may not use this service unless you are at least 16 years old.

  • Finally, you can manage your Google Docs, uploads, and email attachments (plus Dropbox and Slack files) in one convenient place. Claim a free account, and in less than 2 minutes, Dokkio (from the makers of PBworks) can automatically organize your content for you.

View
 

fatores externos

Page history last edited by PBworks 14 years, 3 months ago

 

ANSIEDADE X FATORES EXTERNOS

 

A dificuldade de incorporar fatos e intercorrências novas ou desconhecidas. O velho ou conhecido traz a sensação de segurança e controle.

O novo por sua vez tem a capacidade de potencializar a sensação de medo no sentido de que algo ruim ou perigoso pode vir á acontecer. É mais ou menos assim , “Tudo que vem de mim é seguro e tudo que vem de fora e não está sob controle é perigoso”. É uma postura pessimista.

Traumas de infância, grandes sustos, perdas afetivas ou mesmo materiais também podem desencadear quadros ansiosos importantes, mas não chegariam a ser causas. A tentativa de se livrar deste mundo de sensações e sentimentos, que tenha características desequilibradas, desajustadas, são causadoras de vários transtornos emocionais.

 

voltar - origens da ansiedade

 

ESTRESSE X FATORES EXTERNOS

 

Algumas vezes as pessoas são acometidas pelos estresse ocasionado por fatores externos, alheios a sua vontade. São fenômenos que envolvem os aspectos sociológicos, políticos e econômicos ou mesmo o fenômeno da globalização.Eles acabam afetando suas vidas de tal maneira a ponto de não encontrarem saída para enfrentarem as situações desencadeadas.

 

ASPECTOS SOCIOLÓGICOS, POLÍTICOS E ECONÔMICOS

 

O estresse tem como fonte geradora os aspectos sociológicos, políticos e econômicos que com a chegada da globalização, das novas tecnologias, das novas formas de gestão, da biogenética da mudança acelerada de valores se faz necessária a reinvenção do trabalho, alteraram o que no passado parecia sólido, seguro, organizado. Hoje exige rapidez, flexibilidade e visão sistêmica dos organismos.

A sociedade pós-industrial em que vivemos sofreu modificações que afetaram a estrutura familiar e consequentemente toda a sociedade. As políticas educacionais procuram acompanhar este momento e as mudanças afetam professore e alunos. Vivemos num mundo em transformação, e como sabemos, mudanças ocasionam estresse. Este é um novo mundo, totalmente diferente daquele herdado por nossos avós.

Pela primeira vez na história da humanidade, temos que aprender a administrar a nós próprios. Não podemos mais nos limitarmos a sermos mera conseqüência dos condicionamentos sociais estabelecidos pela igreja, educação, regime político e tradições da cultura na qual estamos inseridos. (MACIEL, p.8.2005).

 

ESTRESSE X GLOBALIZAÇÃO

 

O séc. XX foi marcado pelo desenvolvimento tecnológico e cientifico.

“A velocidade das transformações pode ser comparada com a velocidade com a qual o homem se desloca pelo mundo em cada período do seu desenvolvimento. Quando andava a pé, a velocidade das mudanças era de 5 a 6 km por hora”. (MACIEL, p. 11, 2005).

A informação, especialmente no mundo de hoje, é necessária e valiosa se for posta em prática, correndo o risco de estar defasada O conhecimento que é de domínio público não oferece nenhuma vantagem competitiva a quem o possui. As habilidades pessoais e profissionais somente fazem diferença quando geram resultado.

O fenômeno da globalização trouxe-nos a necessidade da quebra do paradigma de que o conhecimento é estático e imutável, um tesouro para ser guardado.

A palavra “mudança” tornou-se uma constante, é fundamental estar emocionalmente preparado, ter predisposição para grandes e profundas mudanças no modo de agir. Torna-se necessário auto-avaliação constante..

 

Voltar ao Índice - Estresse

 

voltar ao início da página

 

Tivemos visitas, nesta página.

Comments (0)

You don't have permission to comment on this page.