| 
  • If you are citizen of an European Union member nation, you may not use this service unless you are at least 16 years old.

  • Stop wasting time looking for files and revisions! Dokkio, a new product from the PBworks team, integrates and organizes your Drive, Dropbox, Box, Slack and Gmail files. Sign up for free.

View
 

AUTO-AVALIAÇÃO NEUZA ÁVILA

Page history last edited by PBworks 13 years, 5 months ago

AUTO-AVALIAÇÃO

 

Como tarefa do Seminário do PROA 10, sobre Avaliação da Aprendizagem, devemos realizar uma auto-avaliação no contexto dos Projetos de Aprendizagem, levando em conta as tarefas realizadas no PROA 1 e PROA 2, descrevendo situações de Aprendizagem que ocorreram no desenvolvimento do nosso Projeto de Aprendizagem.

Inicialmente gostaria de dizer que todo o curso está proporcionando uma grande aprendizagem. Fiquei muito feliz quando soube que poderia fazer o curso, pois sempre quis fazer uma Especialização em Informática Educacional. Trabalhar em computador sempre foi uma grande paixão. Sempre que posso, estou fazendo capacitações no NTE de minha cidade. Eu tinha feito apenas um curso à distância, de Podcast, com o professor Ezequiel Menta, onde, pela primeira vez, tinha postado em fóruns. De certa forma, facilitou um pouco, pois, pelo menos eu tinha algum conhecimento de como funcionava os cursos à distância. Não resta dúvida, que precisei me adaptar a muitas novidades neste curso, pois exige muito mais tempo e dedicação. Nos dias atuais, o usos das tecnologias como uma ferramenta na promoção da aprendizagem é fundamental.

Poderia citar inúmeras situações de aprendizagens que ocorreram no decorrer do desenvolvimento do nosso Projeto de Aprendizagem. Sendo assim, vou listar três, que considero importantes:

 

  • me encantou a possibilidade da construção do conhecimento de forma coletiva e virtual, levando em conta as intervenções e interações dos colegas e professores no desenvolvimento do Projeto de Aprendizagem, visto que todos os projetos construídos até então, eram presenciais; confesso, que no início do curso, pensei que isso não fosse funcionar;
  • conhecer e aprender a trabalhar com o Cmap, na construção de mapas conceituais, foi muito importante, pois eu não conhecia o programa e nunca tinha utilizado. Agora posso usar com meus alunos a fim de construir o conhecimento e facilitar a organização das pesquisas;
  • a produção textual do Projeto de Aprendizagem, reunindo muitas pesquisas de sites, livros, revistas, instigando a busca constante para responder as questões norteadoras do projeto, onde um ajuda o outro, indicando bibliografias afim de cooperar saindo do conformismo e do egocentrismo, proporcionando a construção do conhecimento, foi maravilhosa;

 

 

CRITÉRIOS UTILIZADOS

 

Nas três situações acima, ocorreu aprendizagem levando em conta o critério motivação, porque eu acredito que quando a gente faz o que gosta, sempre vai vencer os desafios e obter bons resultados. Este curso à distância nos faz sentir gratificados, pois, às vezes, quando começamos a realizar nossas tarefas, as coisas não dão certo, não sabemos qual o caminho para conseguir realizar as atividades. O que acontece? A gente mexe aqui e ali, clica em diversos lugares, erra, perde tudo, acerta e quando vemos, conseguimos. Esta é a vitória. A grande conquista. Aprender fazendo. Construir e reconstruir até obter o resultado desejado. Nos encontros presenciais, o professor está ali para sanar as dúvidas e no curso a distância, precisamos de muitas tentativas até descobrir o caminho certo.

A função dos projetos é favorecer a criação de estratégias para resolver um problema, testar algumas hipóteses sobre um determinado tema, pesquisar sobre um assunto escolhido pelo grupo, enfim, levar o grupo a buscar o que lhe é significativo. Trabalhar com projetos faz dos desafios e conflitos, um estímulo tornando o processo ensino-aprendizagem prazeroso e é por isso que ocorre a aprendizagem, pois é um processo que favorece o envolvimento dos alunos como co-autores de sua aprendizagem, possibilitando-lhes fazer escolhas, decidir e se comprometer com suas escolhas, assumir responsabilidades, planejar suas ações, ser sujeito de sua aprendizagem. Vivenciamos tudo isso em nosso projeto. Aprendemos muito com isso. Foi uma experiência muito rica. Agora precisamos por em prática no nosso fazer pedagógico. E o mais importante de tudo: ANTES DE QUERER SER O MELHOR OU O MAIOR, DEVEMOS PROCURAR FAZER SEMPRE O MELHOR!!!

 

voltar ao início da página

página inicial

Comments (0)

You don't have permission to comment on this page.